Brilhe em sua primeira apresentação

Com este artigo, chegamos à parte final da trilogia referente à organização de um evento. No primeiro, abordei sobre a logística de um evento; no segundo, falei que o recheio do bolo eram as apresentações. Mas quem é o confeiteiro? O palestrante. Ele tem a receita secreta (conhecimento adquirido), os utensílios (slides e materiais a serem apresentados) e a habilidade (experiência no assunto). No entanto, como fazer com que os consumidores (participantes) provem e gostem do bolo (palestra) que foi tão bem preparado? É sobre isso que falaremos a seguir, expondo pontos importantes que farão com que você e a sua apresentação sejam lembrados de forma positiva.

Mencionarei a seguir os pontos cruciais para que você tenha sucesso em sua palestra:

Domínio do conteúdo O mínimo que se espera é que você saiba sobre o assunto que abordará. Use cartões com palavras-chave para lhe ajudar a lembrar da sequência da apresentação e do que deverá ser exposto. No entanto, lembre-se de que eles são apenas materiais de apoio e não de leitura contínua, pois pode dar a impressão de que você não sabe sobre o conteúdo da sua palestra. Claro que você não é uma enciclopédia ambulante, portanto, se não souber a resposta a algum questionamento, diga que procurará a informação e retornará ao solicitante, seja no final do evento ou por e-mail.

Leitura dos slidesSe você entender do assunto, não haverá necessidade de ficar lendo os slides, a não ser que contenham detalhes difíceis de serem memorizados como números, datas, etc. Prepare-se bem antes. Os slides são apenas guias para orientá-lo. Evite ler sempre o que está escrito, mostre que sabe do que está falando e que tem domínio do assunto.

Prática Pratique várias vezes antes do evento. Em casa ou no escritório, ou em qualquer lugar em que se sinta à vontade, fale em voz alta. Tenha tudo na ponta da língua e use os cartões-guia como apoio para lembrar dos tópicos.

 

 

 

Imagem Lembre-se de que todos os olhares no evento estarão voltados para você, portanto, cuide da sua aparência: cabelo, roupa, maquiagem, etc. Apresente-se de forma profissional. Evite tênis sujo, calça rasgada (mesmo se estiver na moda), cabelo despenteado, cara lavada (para mulheres)… desleixo gera uma imagem de descuido e a primeira impressão é a que fica, não é mesmo? 

 

 

Abertura e términoSão momentos importantes. A abertura é a chave de conexão com o seu público, é a hora de prender a atenção de todos ao que você irá apresentar, portanto, capriche. Você pode contar uma história impactante que servirá de link para o assunto principal ou fazer uma pergunta aos participantes para criar um clima de interação, ou até mesmo uma frase de humor para gerar um clima descontraído. Com relação ao término, esse é o momento de fazer com que as pessoas, após o evento, se lembrem de você e do que foi apresentado. Pense bem em como terminar a sua apresentação com chave de ouro.

Emoção Coloque emoção em sua palestra. Dê ênfase a pontos de destaque, sorria e mostre o bom humor quando falar sobre algo agradável; expresse seriedade quando o assunto tiver uma abordagem mais crítica. Em resumo, evite parecer um robô, sem sentimentos.

Humor e piadas Ser bem-humorado, alegre e descontraído é uma coisa, mas achar que é um comediante e está em um stand up é outra completamente diferente. Por isso, cuidado ao fazer piadas. O efeito pode ser o contrário do que deseja. Pense em como encaixar frases ou situações engraçadas que estejam relacionados ao assunto da sua palestra. Aproveite e observe a reação dos participantes, se gostaram ou não do seu tipo de humor. Você poderá mudar o tom da palestra com base na interação do seu público.

Linguagem Compreende a linguagem corporal, a voz e as palavras. Com relação à linguagem corporal, treine bastante, principalmente se você gesticular muito as mãos. Lembre-se de que o palco não é uma esteira de academia então, tente não ficar andando de um lado a outro freneticamente. A voz deve ser clara, nítida, bem colocada, em um tom adequado, sem gritos e sem sussurros. Grave a sua voz para avaliar todos esses aspectos, principalmente o da velocidade. Mantenha a calma. Quanto às palavras, conheça o seu público e preste atenção ao vocabulário. Utilizar termos e expressões normalmente vistos em teses de doutorado não surtirá o efeito desejado em estudantes calouros de universidade. Assim como um vocabulário muito informal, com excesso de gírias, não será bem visto em um evento médico, por exemplo.

Foco no seu públicoPense nos participantes e no interesse deles, ou seja, o que eles esperam da sua palestra. Faça a sua apresentação para quem está assistindo e não para você. Para os participantes, você é a estrela; para você, eles são a constelação.

Leia mais sobre este assunto no artigoComo se sair bem em sua primeira palestra” e “Como elaborar uma apresentação de sucesso“.

Com as dicas desta trilogia, espero que o seu evento e a sua palestra sejam um sucesso!

Autora: Ligia Ribeiro

 

 

 

Gostaria de ler seu comentário sobre o post.