Gramática – Figuras de pensamento

Figuras de pensamento

As figuras de pensamento fazem parte das figuras de linguagem. Elas combinam os pensamentos e as ideias com o intuito de dar mais expressividade às orações.

 

Antítese

Aproximação de palavras com sentidos opostos.

A luz da lua ilumina a escuridão do céu.

 

Apóstrofe

Ênfase às expressões, sejam pessoas ou termos inanimados.

Leonel, não bata a porta desse jeito!

Ó céus, o que farei agora?

 

Eufemismo

Ameniza os termos, evitando palavras muito duras e que causem desconforto ao leitor ou ao ouvinte.

Depois de visitar o museu, levou consigo algo que não lhe pertencia. (em vez que roubou)

 

Clímax ou gradação

É a sequência de palavras, em ordem crescente ou decrescente, que resultam em um momento de excitação frente ao esperado.

A noiva estava linda, deslumbrante, espetacular.

O menino esbravejou, gritou, murmurou e, por fim, ficou calado.

 

Auxese ou Hipérbole

Expressa o exagero intencional de quem escreveu a frase.

Estava morrendo de sede.

Ela vive chorando lágrimas de crocodilo.

 

Ironia

Enfatiza o sarcasmo, a intenção de crítica, o sentido malicioso.

Ela se diz tão inteligente, mas não sabe fazer um simples cálculo.

 

Personificação ou Prosopopeia

Atribui qualidades e sentimentos humanos a seres inanimados.

Na noite fria e escura, o vento uivava sem parar.

 

Oximoro ou paradoxo

Expressões contraditórias e absurdas ao senso comum. Tem abrangência no conceito filosófico.

Você é o meu doce veneno.

Pobre menina rica!

 

Veremos mais figuras de linguagem no próximo post. Até lá!

Gostaria de ler seu comentário sobre o post.