Tradução editorial com royalties – complemento

No último post que escrevi sobre o projeto de tradução editorial do site Babelcube, mencionei que o tradutor poderia receber royalties pela venda do livro traduzido.

Alguns colegas ainda tiveram dúvidas sobre esse processo: “Como recebo os royalties? Recebo o valor integral ou há algum desconto? Como sei que o dinheiro já está liberado? ”

Para responder a essas e outras perguntas preferi esperar até que eu mesma tivesse retorno de um projeto que realizei. Primeiro, é importante esclarecer que para receber os royalties é necessário abrir uma conta no Paypal.

O tradutor terá direito a receber os royalties quando o valor da venda do livro traduzido por ele atingir US$ 10. No exemplo abaixo, menciono valores baixos só para melhor entendimento, mas é claro que o objetivo é conseguir valores mais altos. Sucesso para todos nós, não é mesmo?

Bom, vamos ao que interessa. Suponhamos que no mês de fevereiro a venda do livro que você traduziu gerou um lucro de US$ 8. Como o valor é inferior a US$ 10, ele fica retido. É como se fosse uma poupança, só que sem rendimentos mensais. Em março, digamos que a venda gerou um lucro adicional de US$ 5. Somando os dois valores, o montante passa a ser de US$ 13. Como está acima dos US$ 10 o tradutor, se desejar, pode requer a transferência desse valor para sua conta Paypal.

Como é feito esse recebimento?

Infelizmente, o Brasil não possui acordo tributário com os Estados Unidos, portanto o valor de US$ 13 sofrerá uma retenção na fonte de 30%. Se fizermos as contas, o tradutor receberá US$ 9.1.  Esse valor será transferido para a conta do tradutor no Paypal.

Como sei que o dinheiro já está disponível?

O Babelcube lhe enviará um e-mail informando o valor liberado e o prazo de transferência para sua conta Paypal. Na mensagem também é mencionado o prazo para você transferir o dinheiro. Do contrário, segundo eles, o valor retorna a quem o enviou (Babelcube).

Nota: Certifique-se de que o e-mail informado no cadastro do Babelcube é o mesmo de sua conta Paypal.

No meu caso ocorreu algo interessante. Eu havia aberto uma conta no Paypal com um e-mail, mas informei outro no site do Babelcube. Quando clicava no link, o valor não aparecia na minha conta do Paypal. Julguei que tivesse sido por conta do prazo que é mencionado no corpo do e-mail então, entrei em contato com o Babelcube. Só para constar, eles demoram um pouquinho, mas retornam. Achei isso muito bom porque quase sempre temos problemas com atendimento ao cliente.

Voltando ao assunto, percebi que havia divergência quanto aos e-mails cadastrados no Babelcube e no Paypal.  O que fiz? Acessei minha conta Paypal e adicionei esse novo e-mail. Quando cliquei novamente no primeiro link que recebi do Babelcube para a transferência, o dinheiro apareceu na minha conta Paypal. Mas, por via das dúvidas, sugiro que assim que você receba a mensagem, não demore para clicar no link e fazer a transferência.

O dinheiro entrou na minha conta Paypal. Como faço para retirá-lo?

Se quiser saber mais como receber o valor em dólar que foi transferido para sua conta Paypal, dou a seguinte dica: acesse o site “O Jogo da Tradução”,  do caro colega tradutor, Thiago Hilger, no qual ele descreve vários processos de recebimento do exterior. São vários posts com ótimas dicas e orientações sobre o assunto.

Acho que agora todas as informações estão completas. Se tiver alguma dúvida, é só perguntar. Terei prazer em ajudar você no que eu puder.

Por Ligia Ribeiro

 

4 thoughts to “Tradução editorial com royalties – complemento”

  1. Olá, Lígia, eu tenho um e-mail cadastrado na minha conta no Babel Cube e informei o e-mail da minha filha para receber o pagamento pois não tenho conta no Paypal .Isso gera algum conflito? E muito obrigada por partilhar a informação.

    1. Oi, Lia! Tudo bem?
      O correto seria você ter a sua própria conta no PayPal, mas para ter certeza de que você pode fazer esse trâmite, entre em contato com eles. É a melhor forma de garantir que não haja problema.
      Abraço.
      Ligia

    1. Oi, Lia!
      Todo o contato pode ser feito por e-mail. Acesse o site e lá você encontra um link de contato. A resposta pode demorar um pouco, mas eles te retornam.
      Abraço.

Gostaria de ler seu comentário sobre o post.