Tradução editorial com royalties – parte III

Chegamos à última parte do post sobre tradução editorial online com royalties, pelo site Babelcube.

Neste último post, abordarei as formas de reconhecimento que você pode ter realizando esse projeto de tradução editorial. Como já mencionei antes, esse veículo é muito útil para quem está iniciando nesse gênero de tradução. Primeiro, porque é a chance de praticar e ganhar experiência na área e, segundo, pelo reconhecimento dado pelo autor pelo seu trabalho e pelo próprio livro, por meio de royalties e feedback. Então, vamos aos reconhecimentos!

SEU NOME NO LIVRO TRADUZIDO

Você pode ter seu nome impresso no livro que você traduziu. É só conversar com o autor. Para isso você tem à disposição um canal de mensagens no próprio site do Babelcube. Às vezes, o autor não se lembra de incluir seu nome no livro, seja por esquecimento ou por não ter recebido um pedido desses antes. Então, por que não dizer a ele que gostaria que seu nome aparecesse no livro?

Pode até ser que ele a princípio não concorde, mas é uma questão de persuasão. Explique os motivos de forma clara e objetiva. Mencione que é importante para sua carreira ter seu nome associado a uma obra de valor, como o livro que você acabou de traduzir.

Faça o autor perceber que você não escolheu seu livro aleatoriamente, mas que pesquisou sobre a obra e até mesmo sobre ele. Valorize o livro que traduziu e, principalmente, seu trabalho. Fale das pesquisas que fez, do conteúdo que assimilou, da real importância para você.

Mencione, inclusive, que gostaria de realizar outros projetos do autor no futuro. Tente. Lembro de um colega tradutor (não me recordo o nome) que conversou com o autor e ele aprovou a inclusão do seu nome no livro, como tradutor da obra no idioma escolhido. Então, nada de receio. Você é profissional, tem seu valor e merece ser reconhecido (a).

FEEDBACK POSITIVO

Outra forma de reconhecimento é o feedback do autor. Por meio do próprio site o autor pode fazer comentários sobre seu trabalho de tradução, inclusive pontuando-o com estrelinhas.

Você pode incluir esse feedback em seu portfólio. Para receber esse reconhecimento, basta você realizar uma boa tradução. Mesmo não sendo um trabalho solicitado por uma editora, por uma agência ou por um cliente, cuja renda seria muito maior, é uma oportunidade de mostrar seu desempenho. Leve isso em consideração e procure realizar uma tradução com qualidade. Veja a tradução como um aprendizado e um exercício que lhe trará benefícios no futuro.

ROYALTIES

Primeiro, esclarecendo, royalties são valores pagos pelo uso, exploração ou comercialização de uma marca, produto, recurso, obra, etc. No caso do Babelcube, para obter os royalties, o livro que você traduziu precisa ter uma boa vendagem.

Para recebê-los você precisa ter uma conta PayPal, que pode ser aberta por um link no próprio site ou clicando aqui (https://www.paypal.com). Você começa a receber os royalties quando o valor na sua conta atingir USD 10. Conforme o livro vai sendo vendido, os royalties vão entrando nessa conta, digamos, virtual. E quando perfazer o valor acima, você pode resgatá-lo.

Para que você entenda melhor como funciona o sistema de recebimento de royalties, no link abaixo, você poderá visualizar um exemplo dado pelo próprio site do Babelcube http://www.babelcube.com/faq/revenue-share

No exemplo do link, você poderá observar que à medida em que o livro vai obtendo mais vendas, a taxa de royalties do tradutor vai reduzindo.  Para quem não acessou o link, veja o exemplo descrito na tabela abaixo:

Exemplo: o livro que você traduziu foi distribuído e gerou uma renda bruta de USD 8.000. Na tabela, veja como ficariam os royalties.

  Vendagem Autor (%) Babelcube (%) Tradutor (%)
USD 2.000 30%  (USD 600) 15% (USD 300) 55% (USD 1.100)
+ USD 3.000 45% (USD 1.350) 15% (USD 450) 40% (USD 1.200)
+ USD 3.000 65% (USD 1.950) 15% (USD 450) 20% (USD 600)
TOTAL USD 8.000 49% (USD 3.900) 15% (USD 1.200) 36% (USD 2.900)

No exemplo acima, como tradutor, você receberia integralmente USD 2.900 pelo valor de USD 8.000 obtido com a venda do livro. Mas, na verdade, se você for brasileiro ou brasileira, haverá uma redução de 30% referente ao imposto de retenção na fonte. O Brasil não tem acordo tributário internacional, portanto, reduzindo 30% de imposto, você receberá USD 2.030.

No frigir dos ovos é um reconhecimento pelo seu trabalho, principalmente se está iniciando na tradução de obras literárias. Sem falar na experiência que você adquire.

Mas dou um conselho para quem estiver interessado nesse projeto. Marketing! Divulgue o livro traduzido nas redes sociais, para os amigos, parentes, vizinhos, carteiro, etc. Quanto mais exemplares forem vendidos, mais dim dim você receberá.

Este foi o último post da trilogia “Tradução editoriar com royalties”. Desejo sucesso àqueles que decidirem se embrenhar por esse caminho tão belo e que nos traz conhecimento, experiências riquíssimas e um sentimento de orgulho por um trabalho realizado e reconhecido.

Até o próximo post!

Por Ligia Ribeiro

 

2 thoughts to “Tradução editorial com royalties – parte III”

Gostaria de ler seu comentário sobre o post.